278400-P5TWCU-337_edit.jpg
  • Vanessa Siviero

Como preparar seu negócio para a Black Friday?


Estamos em outubro mas as marcas já estão com o olho lá em novembro, quando começa a Black Friday!

Segundo um estudo exclusivo apps AppsFlyer para a Revista Exame* os downloads de apps de e-commerce aumentaram 100% durante pandemia, o que deve transformar a Black Friday desse ano na maior de todos os tempos.

Sim, a pandemia fez com que muitas pessoas precisassem se acostumar, de uma forma ou de outra, a comprar online. Até mesmo aqueles que viam com desconfiança as compras pela internet acabaram adotando a internet como nova forma de consumir. Se no ano passado o crescimento das compras online a partir de setembro já foi de 84%, esse ano a expectativa é ainda maior.

Mas pensando em tudo isso, como a sua marca pode se preparar para a Black Friday desse ano? Confira algumas dicas que nós preparamos para você:



1 – Engaje a sua marca de verdade na Black Friday e aja com seriedade com o seu consumidor.

Vou contar uma experiência bem pessoal minha. Fui comprar de uma marca de cosméticos que oferecia uma super promo de base e quando entrei na lista, só tinha um tom de base disponível com o valor reduzido. Aí fui ver os batons “em promoção” e eles tinham o vencimento para daqui a dois meses. Cilada né, Bino? E quem já não leu um meme falando que a Black Friday é tudo pela metade do dobro? Sim, não aumente o valor dos seus produtos previamente para “fingir” um desconto. Pense em ações reais e possíveis para a sua marca e não trate o consumidor como bobo.


2 – Tenha uma verba específica de marketing para a BF:

Inclua no seu planejamento uma verba maior para esse período, para que a sua promoção realmente chegue até os consumidores. Imagine que todas as marcas estarão com investimento pesado nesse período, então você precisa de planejar pois a competitividade pelo espaço publicitário aumenta e muito. Uma solução é fazer ações de forma antecipada (com mídia paga) e usar mais o recurso de envio de e-mail, para uma base que você já tenha, pois pode ajudar a ficar mais barato e mais efetivo!



3 – Planeje, organize seus contatos e crie materiais específicos:

De que adianta uma super promo na data se você não sabe qual a sua base de clientes? Se você não criar materiais atrativos e exclusivos? Se você não comunicar de forma criativa aos seus clientes? A Black Friday merece uma campanha especial e lembre-se sempre que quanto mais segmentada a sua comunicação mais vai criar envolvimento!


4 – Já pensou em atrelar a sua Black Friday a uma estratégia social?

Se a sua marca realmente tem no DNA a questão social, por que não pensar em uma ação que reverta para o bem? Por exemplo, para cada produto adquirido na BF, doe um para uma instituição ou para quem precisa. A doação pode ser até de parte dos lucros. Fazer o bem, ainda mais em um período de crise como o que estamos vivendo, vai ser relevante para a sua marca e para a sociedade como um todo.


5 – Pense em outras possibilidades de descontos futuros.

Nem só de Black Friday vivem as suas vendas! Então, que tal pensar em ações que continuem após a BF? Descontos progressivos, cupons ou até mesmo um desconto para compras posteriores, que a pessoa possa utilizar para as compras de Natal, por exemplo? A sua relação com o cliente ou com aquela pessoa que se mostrou interessada na sua marca, não precisa acabar. Aproveite a data para construir uma base de clientes fiéis!


E então, curtiu as dicas? Queremos saber como a sua marca está se preparando para a Black Friday desse ano. Conta para a gente nos comentários!


*Fonte: exame.com.br



Vanessa Siviero | @valsivi

Criadora de Conteúdo

18 visualizações

© 2020 DESENVOLVIDO COM MUITO ❤ POR BLUMA HUB.