278400-P5TWCU-337_edit.jpg
  • Vanessa Siviero

O que avaliar antes de contratar um fornecedor de marketing digital?


Agências e profissionais liberais estão “pipocando” no mercado, com promessas de resultados surpreendentes de vendas em curto prazo. Mas é preciso cuidado na hora de escolher quem será o responsável pela sua estratégia digital.


Investir em Marketing Digital é essencial para as marcas. Segundo pesquisa do Hootsuite divulgada pelo Blog da Petit, 81% das pessoas já usavam as redes sociais para descobrir e pesquisar sobre marcas antes da pandemia. Essas mesmas pessoas que antes somente pesquisavam, agora querem comprar pelas redes, através dos links de lojas disponibilizados, ou pelo e-commerce da marca.

Mas para vender online não basta apenas ter um bom e-commerce ou estar no Facebook, Instagram, Tik Tok, etc. É imprescindível ter o apoio de profissionais que realmente entendam de planejamento de marketing digital e saibam como aplicar as estratégias da melhor forma possível.


Para as empresas que desejam seguir esse caminho, já fica o alerta: promessas milagrosas geralmente não têm os resultados esperados. É o que afirmam as especialistas em marketing digital Mari Klein, fundadora da Petit Mídias Sociais e Regi Santos, sócia fundadora da Bluma.


Segundo elas, há alguns pontos importantes que devem ser levados em conta para escolher um fornecedor digital. Vamos saber um pouco mais sobre isso?

Certificações e conhecimentos específicos são necessários para atuar na área.


Não, não é todo mundo que tem as qualificações necessárias para atuar no digital. E você deve desconfiar de profissionais que se autointitulam “faz tudo”, criando conteúdo, fazendo fotografia, fazendo design, performance, etc. Mari reforça que as mudanças nessa área são constantes e que é “humanamente impossível acompanhar tudo em todas as áreas”. Então, a dica aqui é procurar especialistas.

Se você busca performance, por exemplo, verifique se o fornecedor que lhe atenderá tem profissionais ou parceiros certificados em performance na equipe. Regi também explica que “profissionais ruins” são diferentes daqueles que estão começando e que estão se preparando para atuar na área. Então vale ficar ligado nisso também quando for realizar a contratação.


Entenda o objetivo da contratação de um fornecedor digital.

Antes de firmar um contrato com um parceiro, é preciso dar um passo atrás e entender o que faz sentido para a estratégia do seu negócio. Regi relata que já teve casos de clientes que buscavam a sua agência, totalmente focada em atendimento digital, para realizar serviços de eventos ou assessoria de imprensa, por exemplo. Ela explica que um bom planejamento estratégico digital pode evitar esse desalinhamento de expectativas:


“Nós primeiramente mostramos ao cliente o foco do nosso trabalho e temos o maior cuidado ao indicar outros fornecedores, pois é preciso ficar claro que não atuamos nessas áreas que eles procuram”.

Entenda a realidade e tamanho do seu negócio.


Nem sempre a contratação de um fornecedor digital é o melhor caminho para todos. É preciso remunerar justamente a equipe contratada, além de ter o recurso necessário para investir em ferramentas, tráfego pago, etc. Segundo Mari, o ideal para quem está começando é que se prepare para realizar algumas ações de divulgação por conta própria.


“Alguns negócios simplesmente não têm condições de fazer um investimento desse porte. Pensando nesse perfil é que a Petit oferece cursos como a Formação em Social Media, que permite ao profissional liberal usar as redes sociais para divulgar os seus serviços”.


Tenha disponibilidade para acompanhar o trabalho do fornecedor.


Sim, algumas tarefas são importantes para quem quer ter um fornecedor digital. Regi explica:


“Nosso trabalho sempre começa com um briefing, realizado com o cliente, para entender as suas necessidades. O cenário ideal seria ter um profissional de marketing centralizando os contatos com o fornecedor digital, mas sabemos que nem sempre é essa a realidade, então é importante ter alguém que tenha tempo disponível para esse acompanhamento”.

Segundo ela, a empresa precisa ter um “ponto focal”, que irá se dedicar ao processo do digital, aprovando o planejamento, as peças gráficas, etc. “”, complementa.


Esteja aberto a aceitar as sugestões do profissional contratado.


Contratar um fornecedor digital e fazer “mais do mesmo” não dá. É claro que nem sempre todas as ideias serão implantadas, mas é importante que haja espaço para que o fornecedor traga estratégias que façam sentido para o crescimento do negócio.


Saiba que os resultados podem demorar, e que talvez a empresa precisa fazer alguma adequação para poder alcançar seus objetivos comerciais.


E por fim, não existem milagres no digital. Muitas agências e profissionais fazem promessas de faturamentos incríveis e completamente fora da realidade do mercado. Para Regi e Mari, resultados no marketing digital passam por testes, atualização e acompanhamento constante e muita disposição para avaliar o que deu e o que não deu certo e continuar trabalhando em prol dos resultados. Mari complementa:


“Na mídia paga, por exemplo, é preciso um tempo de aprendizado e para que as campanhas comecem a dar resultados”.

Considerando os pontos apresentados aqui, será mais fácil encontrar um fornecedor alinhado à estratégia da sua empresa, que possa trabalhar de forma a buscar os resultados esperados.


E se você precisa de ajuda, pode chamar a gente para desenvolver a sua estratégia digital. :)


QUERO COMEÇAR A MINHA ESTRATÉGIA DIGITAL AGORA MESMO


Um abraço, e até breve \o/


Val Siviero | @valsivi

Diretora de Conteúdo


----


Esse conteúdo foi desenvolvido a partir dos depoimentos desse time aqui:


Regi Santos: Sócia fundadora da Bluma Hub. Nascida em Blumenau/SC, é apaixonada por cerveja, Harry Potter, cachorros e performance! Formada em Marketing com especialização em Gestão Estratégica de Projetos, já deu aulas em diversos lugares e trabalha com internet desde que isso aqui era tudo mato!


Mari Klein: Fundadora da Petit Mídias Sociais, Mari é mestre em Administração pela UFRGS, especialista em Performance de Mídias Sociais, Media Planner e Media Buyer certificada pelo Facebook. Há mais de 10 anos ajuda profissionais e empresas a alcançarem seus objetivos por meio das redes sociais. Também é professora de disciplinas de Marketing Digital e Métricas em Mídias Sociais em cursos de graduação e pós-graduação.

9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo